AUTENTICAR

As leis fundamentais de SEO

Nesta minha primeira contribuição decidi abordar as bases teóricas que fundamentam a teoria do SEO.

A WWW é composta por diversos ecosistemas de pesquisa (Google, Yahoo, Sistemas de busca interna de qualquer website). No conceito fundamental de ecosistema está o processo de produção, indexação e apresentação de determinados conteúdos em detrimento de outros. Um ecosistema de pesquisa opera em três perspectivas:

  • Produtores de conteúdos – Todos nós que escrevemos na web
  • Indexadores – Percorrem as páginas, lêem o texto, atribuem-lhe um valor de ranking
  • Pesquisadores – Interpretam os valores do ranking mediante factores de relevância intrínsecos

Cada perspectiva tem o seu próprio objectivo e as suas prioridades, cujos critérios de participação são determinados arbitrariamente.

1ª Lei do SEO

“Para cada ecosistema de pesquisa existem precisamente 3 conjuntos de critérios arbitrários que determinam o resultado final do processo ”

A independência de cada perspectiva implica a sua optimização própria. Seguem exemplos de como cada uma poderá praticar esta optimização:

  • Produtores de conteúdos: constante actualização de conteúdos
  • Indexadores: manipulando estruturas de ranking
  • Pesquisadores : alterando o algoritmo de análise à relevância

2ª Lei do SEO

“O resultado de qualquer função de pesquisa é determinado pela inseparável união das três perspectivas ”

Devido a isto não se pode ignorar nenhuma das perspectivas, podendo cada ecosistema atribuir-lhes diferentes importâncias mas não a exclusão.

3ª Lei do SEO

Os fundamentos da economia explicam que apenas podemos participar num ecosistema se existir um benefício tangível, um retorno do investimento (ROI).

O estado óptimo de um ecosistema acontece quando todas as 3 perspectivas alcançam os seus objectivos em pleno.

“Os ecosistemas de pesquisa devem tender para um estado óptimo ”

Neste processo apenas é possível de alcançar dois estados:

  • Acordo
  • Conflito

O acordo entre duas ou três perspectivas acontece quando todas as intervenientes alcançam em pleno todos os seus objectivos, bastando que uma não o consiga para se gerar um estado de conflito.

4ª Lei do SEO

“Um ecosistema de pesquisa transita entre diferentes estados para a eliminação de conflitos com base na negociação ”

Cabe a cada perspectiva resolver os seus conflitos, devendo para tal utilizar técnicas de negociação e não de imposição.
Ecosistemas de pesquisa e ecosistemas de pesquisa em tempo real
 

Hoje em dia a noção de pesquisa já não se limita a sistemas de indexação demorados e de sistemas de ranking. Ao olharmos a fundo para aplicações como o Twitter, podemos afirmar que o paradigma de pesquisa está em mudança.

A própria Google e outros ecosistemas estão agora a adaptar-se a estes concorrentes, aplicando filtros de 24 horas. O problema é o volume de páginas que conseguem ser interpretadas, com ranking atribuído e ainda que não estejam no índice suplementar por alguma injustiça algorítmica.

 

Artigo escrito por: José Leite

 

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.