AUTENTICAR

As Redes Sociais em 2015

REDES SOCIAIS EM 2015?

 

 

 

 

Sabemos que 2015 será um ano ainda turbulento no mundo dos negócios e que muitas empresas olham para as Redes Sociais como uma boa alternativa para chegarem aos seus clientes e potenciais clientes contudo, importa conhecer um pouco mais sobre estes canais para se tomar as melhores decisões.

Gostava de alertar que embora os números, das principais redes sociais, sejam sempre aliciantes, devemos entre outras coisas, reflectir sobre:

Recursos Internos: Esta é uma questão sensível. Se não temos recursos internos, podemos recrutar ou ir buscar fora (outsourcing) mas é importante ter consciência que estar a gerir Redes Sociais numa conjuntura cada vez mais concorrencial requer muita dedicação e um acompanhamento rigoroso.

Exige também que as equipas tenham “skills” diversas, desde a Estratégia, ao Design, Copywriting, sem esquecer obviamente a componente Digital e Social.

O que tenho para lhe dizer é que se considera que as redes sociais, têm potencial para o seu negócio, encare isso com seriedade e profissionalismo, independentemente da dimensão da sua empresa.

Quem é o seu “target”: Esta questão é fundamental para tomar uma decisão consciente. Embora estas redes sejam globais, podemos sempre explorar outras soluções menos utilizadas pela concorrência . Não caia no erro de decidir por uma estratégia de Redes Sociais no Facebook só porque nesta rede há cerca de 4.100.000 utilizadores activos por mês em Portugal. 

O seu target está no Facebook? De que forma? É activo ou apenas consome informação? Como o vai abordar? Que tom de comunicação vai usar? Qual a estratégia de publicação que vai utilizar?

O seu negócio é B2B ou B2C?

Todas estas questões (e muitas outras), influenciam a decisão. Por exemplo, se a estratégia for orientada para médicos especialistas, pode conseguir resultados mais favoráveis através de outros meios digitais, aumentando o seu potencial de retorno sobre o investimento.

Quais são os seus objectivos: Marcas com objectivos diferentes tendem a decidir por caminhos diferentes. Fundamental para perceber o sucesso ou insucesso da decisão.

Para além dos objectivos, que KPI (indicadores de performance) vai definir para cada acção dentro de cada rede social? Qual o retorno esperado?

Não caia no erro de só querer angariar e aumentar “likes”. Essa é apenas uma métrica a considerar.

 O seu negócio e a sua área de actuação: fundamental para saber se estas redes, embora globalmente mais utilizadas, são as que mais se adequam ao seu projecto digital.

Por exemplo, no sector dos vinhos há redes específicas que podem ter um potencial de retorno superior

Posto isto, partilho convosco um estudo divulgado pela Fullsix Portugal, com algumas considerações sobre Redes Sociais para o ano 2015.

 
Assinar este feed RSS