AUTENTICAR

10 dicas para uma gestão eficaz e proactiva da sua reputação online

Até muito recentemente só as pessoas com posses ou que tinham acesso a contactos influentes ou alguma dose de sorte é que podiam tirar partido de agentes e outros mecanismos que os ajudavam a trabalhar e a promover a sua imagem pessoal. A própria televisão e imprensa escrita, enquanto meios de comunicação relevantes, eram consideradas duas das ferramentas mais poderosas, capazes de influenciar e até manipular percepções através dos seus conteúdos.

Mas com a recente democratização da comunicação, associada ao desenvolvimento da internet e ao aparecimento de um cada vez maior número de ferramentas e aplicações online, a forma como as empresas e as pessoas interagem, colaboram, comunicam, brincam, trabalham, compram/vendem os seus produtos ou serviços e partilham informação alterou-se profundamente.

Hoje em dia, qualquer pessoa, desde que possua acesso à internet e esteja disposta a colocar um pouco de tempo, proactividade e paixão a aprender como essas ferramentas funcionam, passou a poder ganhar uma voz activa. Uma voz através da qual poderá criar, partilhar, distribuir e divulgar as suas ideias, preferências, opiniões, sucessos, experiências, conhecimentos, sugestões e aumentar a sua visibilidade perante o mundo exterior. Ao mesmo tempo passou-se a ter à nossa disposição formas alternativas para promovermos quem realmente somos e “influenciar” a forma como desejamos que os outros nos percepcionem enquanto indivíduos e ou profissionais.

Para além disso tornou-se mais fácil estabelecer relações informais e dialogos únicos com pessoas que podemos ou não conhecer, e que antigamente estavam reservados e envoltos num secretismo de contactos e jogos de influência.

Assim  sendo, e devido ao mundo ultra competitivo em que actualmente vivemos, torna-se cada vez mais importante que cada um de nós tente achar e utilizar vias criativas para criar buzz sobre a nossa própria pessoa. Encontrar formas que nos ajudem a diferenciar e sobressair no meio da multidão e da concorrência, comunicando aqueles factores, qualidades, características que nos tornam únicos e valiosos. Obviamente que parte dessa solução passa por uma gestão, monitorização e manutenção eficaz da nossa própria reputação online enquanto marca pessoal.

 

Ao mesmo tempo, convêm estar atento e ir averiguando se a informação que existe online e o que os outros andam a falar sobre nós é correcta e representa de forma clara, positiva e relevante quem realmente somos. Especialmente quando hoje em dia, existe uma maior probabilidade de alguém vir a utilizar o Google para tentar descobrir coisas sobre nós. Quer sejam ex-colegas, empresas de recrutamento, amigos, familiares, ex-namorados, professores, consultores, e outros que nem nos próprios sabemos quem são.

Embora continue a ser praticamente impossível conseguir controlar totalmente o que os outros dizem sobre nós, podemos tentar ficar melhor preparados para reagir, minimizar e eventualmente prevenir os efeitos e demais confusões que daí podem advir pois não existe nada pior do que haver informação incorrecta, embaraçosa ou negativa que esteja associada com o nosso nome. Especialmente numa altura em que as reputações podem ser criadas e destruídas online em menos de segundos e à velocidade de 140 caracteres.

Por tudo isto, gostaria de perguntar se por acaso já alguma fez um Google ao seu nome entre aspas nowww.google.com ? Se sim, gostou do que descobriu? Se não, de que está à espera para descobrir?

Faça esse exercicio e depois continue a ler as 10 dicas práticas que são apresentadas de seguida que o ajudarão a gerir a sua reputação online. Ao contrário do que muita gente pensa, não basta criar perfis no Linkedin, Facebook and Twitter para se dizer que se tem uma representação online relevante. É preciso ir um pouco mais além e complementar isso com outros tipos de acções continuas que sejam bem estruturadas e planeadas.

1. Registe a sua marca: Por menos de 10 euros/ano é possível através de serviços como www.godaddy.com;www.domainsinseconds.comwww.joker.comwww.registera.comwww.iwantmyname.comwww.pairnic.com;www.register.com, etc. reservar e registar o seu nome como um domino online, de preferência terminado em .com ou .net (ou .co, .tv) pois são os mais respeitados pelos motores de pesquisa. Caso o seu nome seja bastante comum e já não se encontre disponível equacione usar a inicial do seu segundo nome ou uma versão mais curta ou alterada do seu nome ou até mesmo uma palavra inventada que possa associar com a sua marca propria. Equacione ainda comprar “hosting” (hospedagem) que lhe permita criar um website onde pode colocar a suas credenciais e liste o seu website ou blog em websites, motores de pesquisa e directorios pertinentes tais como ohttp://technorati.com/http://www.blogcatalog.com/ e http://www.mybloglog.com/

2. Construa a sua “montra” – crie um website ou um blog dedicado que ligue o seu nome ao domínio que registou, utilizando  http://wordpress.com , http://www.blogger.com , http://www.typepad.com/ , http://buddypress.org/ , www.livejournal.comhttp://www.tumblr.com, etc. O objectivo é poder dispor de um local onde possa escrever e partilhar não apenas as suas ideias, comentários, histórias, experiências,  sabedoria e conhecimento sobre determinado assunto, mas também aumentar a sua credibilidade, notoriedade e autoridade nos motores de pesquisa caso os seus artigos e comentários comecem a ser partilhados por outras pessoas noutras redes sociais e assim obter “back links” (links que apontam e ligam directamente para o seu website). Tenha a certeza de que inclui o seu nome na descrição e no título do blog, assim como “tags” relevantes nos títulos dos seus artigos e lembre-se que as “idéias não valem nada até que outras pessoas saibam sobre elas” – Bo Fishback


3. Torne-se membro: crie e reivindique o seu nome, preenchendo de forma completa e honesta o seu perfil nas várias redes sociais que possuem elevada indexação no Google a fim de se tornar presente e visível nas mesmas, mesmo que não venha a ser um membro muito activo.

Comece por analisar este link http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_social_networking_websites para se familiarizar com as inúmeras ferramentas e redes sociais que estão disponíveis na internet e às quais pode aderir. É conveniente dedicar algum tempo a investigar quais são as redes mais relevantes no pais, sector, mercado em que se pretende destacar. Por exemplo no Brazil o Orkut e Orca são as mais importantes mas nos Estados Unidos prevalece o Facebook, Myspace e twitter, e em Portugal o Hi5.

Depois aceda ao KnowEm.com – http://knowem.com – para ficar a saber em que canais sociais (presentemente existem mais de 350) é que o seu nome se encontra ainda disponível e poder, ao mesmo tempo, reinvindicar, reservar e proteger a sua própria identidade, marca ou nome.

Facebook – http://www.facebook.com/username/ e fanpage – é uma rede social que conta já com mais de 500 milhões de membros a nível mundia e onde é possível utilizar uma multiplicidade de aplicações que ficam associadas ao seu perfil pessoal. Permite ainda ir criando a nossa própria comunidade e rede de contactos à medida que se vai adicionando pessoas como amigos, enviando mensagens, e comunicando detalhes sobre nos mesmo e as nossas preferências.

Twitter – http://twitter.com/ – é uma rede social que oferece serviço de microblogging onde é permitido aos seus utilizadores enviar, partilhar e ler mensagens conhecidas como “tweets” que possuam no máximo 140 caracteres para além se poder colocar e responder a questões ou a outros quaisquer comentários.

Linkedin – http://www.linkedin.com – é uma rede social de negócios, que é utilizada mais para contactos e networking a nível profissional e para angariar novos clientes.

Flickr – http://www.flickr.com – permite a inserção e partilha de fotografias e vídeos pessoais ou outras imagens que se pretenda inserir em blogs e noutras redes sociais.

Google – http://www.google.com/profiles - serviço gratuito para tornar disponível o respectivo perfil pessoal nos motores de pesquisa do Google. Convem preencher completamente esse perfil pois desta forma poder-se-a controlar melhor o que venha a aparecer relacionado com o seu próprio nome no Google.

Digg – http://digg.com – website social de notícias onde se pode descobrir e compartilhar conteúdo de qualquer lugar na Internet, mediante o envio de links e notícias, e ao mesmo tempo ofereca a opcao de se poder votar e comentar sobre os mesmos.

Hi5 – http://www.hi5.com – é uma rede social onde eh possível encontrar, interagir, ficar em contacto com os amigos e divertir-se a jogar com eles.

Myspace – http://www.myspace.com – é uma rede social que se tornou bastante popular nos Estados Unidos em Junho de 2006 onde se pode encontrar amigos/colegas, conhecer novas pessoas, ouvir e criar listas de música de forma gratuita, compartilhar fotos, ver videos, etc.

Naymz -  http://www.naymz.com – é uma plataforma de rede social profissional, que permite que os seus utilizadores se possam relacionar com outros profissionais pertencentes a essa mesma rede.

StumbleUpon – http://www.stumbleupon.com – é uma comunidade online que permite aos seus membros descobrirem, classificar e recomendar de forma personalizada páginas Web, fotografias e vídeos.

Friendfeed – http://www.friendfeed.com – é um agregador de “feeds” em tempo real, que consolida as actualizações de noticias, redes sociais, blogs e micro-blogging, bem como qualquer outro tipo de feed RSS.

Ping.fm – http://ping.fm/ – é um serviço simples e gratuito que oferece serviço de micro-blogging e permite aos membros poderem colocar conteúdos em e actualizarem as suas várias redes sociais simultaneamente, num piscar de olhos.

Tube Mongul – http://www.tubemogul.com/ – é um serviço gratuito que oferece um único local para fazer uploads para qualquer um dos principais websites de compartilha de vídeo.

Youtube – http://www.youtube.com – é um serviço gratuito que permite armazenar, visualizar, comentar e partilhar vídeos online. Em alternativa existe outros como é o caso do http://www.vimeo.com

Ustream.tv – http://www.Ustream.tv – consiste numa rede de diversos canais que oferecem uma plataforma de vídeo e eventos online.

Skype -  http://www.skype.com – é um software que permite aos utilizadores fazerem chamadas de voz, incluindo videoconferência através da Internet, sendo as chamadas para outros utilizadores dentro do próprio serviço gratuitas, enquanto as chamadas para telefones fixos e telefones móveis podem ser feitas mediante pagamento de uma taxa de utilização.

Ebay – http://myworld.ebay.com/ – website de compras onde pessoas e empresas compram e vendem uma grande variedade de produtos e serviços a nível mundial através de um sistema de leilão.

Friendster –  http://www.friendster.com/ é um serviço de rede social que permite aos utilizadores entrarem em contato com outros membros, manter os contatos e compartilhar conteúdo, nomeadamente vídeos, fotos, mensagens e comentários.

Friendfeed – http://friendfeed.com/ – Permite criar uma fonte personalizada de conteúdos para partilhar com os seus amigos incluindo artigos, fotos, etc .

Ning – http://www.ning.com – é uma plataforma online que permite as pessoas criarem suas próprias redes sociais. É possivel experimentar gratuitamente o serviço durante 30 dias mas depois passa a cobrar no mínimo 2.95 USD por mês para redes pequenas.

Coloque pequenas biografias sobre si em websites como o http://www.wikipedia.org/ ; http://knol.google.com/k ehttp://www.squidoo.com/

E como a primeira impressão será sempre aquela que todas as outras pessoas vão ter de si, não se esqueça de:
- preencher de forma completa e cuidadosa, o seu perfil em cada rede social
- usar uma fotografia sua que mostre o profissional que é, e que seja consistente em todas as redes sociais … afinal uma imagem ainda continua a valer mais do que mil palavras.
- inclua os links e endereços das principais redes sociais em todos os contactos que fizer, nomeadamente na sua assinatura de email.

4. Participe – Não basta estar presente online através da criação de um mero perfil online. É preciso envolvermo-nos e participar em conversas em grupos, “fanpages” e fóruns de discussão mediante a colocação de comentários, respondendo a questões, divulgando e partilhando conteúdos interessantes, estabelecendo relações, e interagindo.

Todas estas formas de actuar tornaram-se necessárias e podem ajudar-nos a obter a atenção da nossa audiência alvo e fazer com que a mesma fique interessada em se relacionar connosco. Se tal acontecer, iremos conseguir aumentar de forma gradual a probabilidade de virmos a ser seguidos, de vermos as nossas opiniões e mensagens a serem difundidas online e de alargar a nossa rede de contactos (networking). Adira a “fanspages” no facebook ou a grupos no linkedin que estejam relacionados com os seus tópicos e interesses.

O segredo passa também por nos tornarmos excelentes contadores de histórias que sejam interessantes e capazes de inspirar, motivar, fascinar e captar a atenção, o coração, a mente, o interesse e o espírito das outras pessoas. Para alem disso, deve-se tentar oferecer algo grátis que traga algum valor acrescentado, utilizando títulos, abordagens, ângulos e assuntos relevantes, inovadores, ou controversos nos nossos próprios blogs ou junto de outros websites de referência.

Equacione ainda escrever livros e artigos de opinião para revistas, blogs, newsletters ou websites influentes sobre temas que sejam actuais e relevantes para a sua audiência. Depois divulge e ligue os mesmos através de links ao seu próprio website.

Tente também ser citado em artigos da especialidade e forneça serviços de consultadoria.

Prepare uma apresentação em PowerPoint e torne-a disponível em websites como por exemplowww.slideshare.com. Equacione usar essa mesma apresentação como base para eventuais participações que consiga assegurar em seminários, palestras, conferências, fóruns, programas de televisao e outro tipo de eventos e disponibilize-se a responder a questões e a falar sobre as sua opiniões e experiencias. De acordo com Gary Vaynerchuck,  “cada conversacao que inicia eh outra oportunidade para falar sobre o que o apaixona.”

5. Monitorize – Saiba ler (nas entrelinhas), ouvir, observar, e monitorizar o que anda a ser dito pelas outras pessoas sobre si, sobre a sua marca pessoal, e sobre os topicos que lhe são relevantes. É importante identificar quais os blogs, fóruns e personalidades que são mais importantes em determinado sector e que merecem ser seguidos pois podem servir de inspiração. Ao mesmo tempo, este facto pode ajudar a ficarmos mais bem informados sobre novas tendências e potenciais ameaças e prepara-nos para podermos reagir, inovar, ajustar, mudar e adaptar a novas realidades e situações, se necessário. Aqui estão algumas ferrramentas que podem facilitar esta monitorização:

- google alerts – http://www.google.com/alerts – permite criar alertas actualizados que são enviados por email sobre os últimos resultados relevantes do Google (web, notícias, etc), com base na sua escolha de consulta ou tópico, sem ser preciso ter uma conta activa no Google. É aconselhavel escolher alertas para o seu próprio nome, do seu website/blog,  dos seus “concorrentes” e dos tópicos que são relevantes para si.

- google reader – http://www.google.com/reader – serviço que permite agregar e aceder aos conteúdos dos seus websites favoritos num único local

- search.twitter.com – http://search.twitter.com/ -  permite ver o que está a acontecer agora, em tempo real sobre o tópico que quiser colocar na barra de pesquisa. Faca-o para o seu próprio “nome”.

- backtype.com – http://www.backtype.com/ – é uma plataforma de análise social que ajuda as empresas a compreenderem o seu impacto social, bastando inserir o respectivo website e ao mesmo tempo permite obter um alerta quando o nosso nome é mencionado em comentários feitos em blogs.

- socialmention.com – http://www.socialmention.com/ – é um mecanismo de pesquisa em tempo real que procura por todas as redes sociais os conteúdos gerados pelo utilizador em blogs, comentários, bookmarks, eventos, notícias, vídeos, etc.

- boardtracker.com – http://www.boardtracker.com/ -  permite obter notificações quando o nosso nome aparece mencionado em discussões feitas em fóruns e envia mensagens instantâneas de alertas sobre tópicos relevantes. Custo: 39 USD/mês sendo os primeiros 30 dias grátis.

- blogsearch.google.com – http://blogsearch.google.com/ – é a tecnologia de busca que ajuda o utilizador a explorar e pesquisar o universo dos blogs de forma mais eficaz a fim de descobrir o que se vai dizendo sobre qualquer assunto que lhe interessa.

- tweetback.up – http://tweetbackup.com – é uma ferramenta que permite fazer o backup gratuito da nossa conta de twitter. Recentemente começaram a oferecer uma subscrição mensal premium por 1 dólar/mês.

-  collecta.com – http://collecta.com/ – É um motor de busca em tempo real que inclui os resultados de blogs, micro blogs, feeds de notícias e serviços de partilha de fotografias sobre determinado tópico, nome ou website.

E se alguma vez precisar de fornecer ou analisar dados estatísticos sobre o seu ou sobre outro website e respectivas audiencias, equacione utilizar http://compete.com/;  http://www.alexa.com/;http://www.pagerank.net/pagerank-checkerhttp://www.quantcast.com/http://www.googlerankings.com

6. Seja autêntico: Actue online da mesma forma como se comporta no dia a dia e frente a frente com as outras pessoas. Nunca deixe de ser você próprio … actue com boas maneiras, respeito, profissionalismo, honestidade, cordialidade, consistência, coerência, dedicação, adaptabilidade, reciprocidade (retribuir), etc. Seja um líder, pois só quando se é autentico, se está disposto a ajudar e se demonstra que realmente nos preocupamos, respeitamos e temos interesse em saber mais sobre as opiniões, ideias, problemas, valores, sonhos, visão que as outras pessoas tem, é que se será capaz de cativar o interesse delas em quererem interagir connosco.

7. Seja cuidadoso: Utilize a regra de não colocar nada online que não queira que a sua mãe veja ou que se saiba sobre si. Lembre-se que o Google não esquece e consegue achar tudo o que possa existir online relacionado com seu nome, sendo praticamente impossível remover conteúdos menos próprios. Por isso, pense bem e tenha cuidado com as palavras e o tipo de comentários que quer fazer, antes de escrever algo de que se possa vir a arrepender no futuro. Tenha também atenção com quem se relaciona, tentanto disassociar-se de qualquer pessoa que possa afectar a sua imagem. Limpe spammers e websites menos próprios dos seus perfis e não tome posições nem partido de alguém durante discussões, a não ser que esteja preparado para defender sua posição hoje e no futuro. Por fim, reveja sempre muito bem as definições de privacidade em cada uma das redes sociais em que participa a fim de ficar mais em controlo do tipo de informação publica que tende a aparecer associada ao seu  perfil online. Ex: use a aplicação PrivacyDefender http://www.privacydefender.net/ para obter uma imagem gráfica do tipo de informação que está a partilhar online através da sua conta de Facebook.

8. Actue – siga a máxima de não deixar para amanhã o que pode e deve fazer hoje e não se esqueça que a forma como actuamos perante determinadas situações pode e continua a fazer uma grande diferença, especialmente se se trata de uma situação menos desejável. Por exemplo, quando se faz um comentário que nos possa comprometer ou que tenha sido mal interpretado, o melhor é actuar imediatamente para esclarecer a situação. Quem não se lembra dos recentes comentários do CEO da BP que criaram uma mini-crise para a empresa, já considerados um caso histórico em Relações Publicas? E se existirem conteúdos menos dignos pode sempre tentar o “rule of thumb” para tentar remover-los … leia este link que fornece dicas adicionais sobre como o fazerhttp://www.google.com/support/forum/p/Web+Search/thread?tid=70f6a8609a4486c8&hl=en. Uma outra alternativa passa por contactar directamente o autor do blog ou website e pedir para que a informação seja corrigida (exemplo: Correcção: entretanto ficámos a saber que xx não foi despedido mas despediu-se para assumir novas  funções como yy na empresa zz).

9. Planeie – Estabeleça, na sua agenda diária, um período de tempo para ler, participar, comentar e fazer todo um conjunto de outras iniciativas que ajudem com que os outros se lembrem de si, reforçando assim a sua imagem. Faça um planeamento adequado e temporal dos objectivos pretendidos e das formas de os alcançar, apostando em mensagens e conteúdos relevantes, consistentes e que sejam regularmente actualizados.. Mantenha também sempre o desejo de ir melhorando e evoluindo continuamente. Depois, quando alcançar o sucesso pretendido, não deixe que o mesmo o cegue e continue a empenhar-se em querer melhorar e experimentar coisas novas.

10. Não desista – Tenha paciência e seja persistente pois todo este processo requer empenho, dedicação, e leva tempo a implementar e a surtir os efeitos desejados. Esteja ainda preparado para repetir estas dicas as vezes que forem necessárias.
Mais tarde ou mais cedo, vai aperceber-se de que todo o seu esforço irá ser recompensado. Para tal, basta que se dedique a viver a sua paixão e fazer aquilo em que acredita. Mas não deixe que o tempo passe. Comece a gerir a sua reputação HOJE  mesmo, ouse em arriscar, em experimentar … e prepare-se pois brevemente pode vir a ser contactado(a) por quem menos espera.

Mais tarde ou mais cedo, vai aperceber-se de que todo o seu esforço irá ser recompensado. Para tal, basta que se dedique a viver a sua paixão e fazer aquilo em que acredita. Mas não deixe que o tempo passe. Comece a gerir a sua reputação HOJE  mesmo, ouse em arriscar, em experimentar … e prepare-se pois brevemente pode vir a ser contactado(a) por quem menos espera.

 

Artigo escrito por: Miguel Carvalho

 

Assinar este feed RSS