AUTENTICAR

A responsabilidade social das empresas e o Marketing Sustentável

A responsabilidade social das empresas e o marketing sustentável

 

Para operacionalizar o compromisso de responsabilidade social desejado pelas organizações, o marketing sustentável tem vindo a impôr-se como uma ferramenta para o desenvolvimento sustentável e para a satisfação dos diferentes stakeholders.

De acordo com dois investigadores na área - Sheth e Parvatiyar - o desenvolvimento sustentável só pode ser atingindo por organizações pro‑activas em termos de marketing e intervenções governamentais activas.

Existem dois desafios principais para as empresas que decidem adoptar com êxito uma estratégia de marketing sustentável: operar com praticas ambientais adequadas sem deixar de oferecer qualidade, conveniência e preço adequado aos consumidores e fazer com que as políticas ambientais sejam valorizadas por todos os níveis hierárquicos.

Karna, Hansen e Juslin, três especialistas sobre o tema, identificam três condições necessárias para a adopção de uma estratégia de marketing:

• Disposição do consumidor a pagar pela qualidade ambiental. Esta disposição pode estar latente e precisar de ser activada, ou pode não existir e necessitar de ser criada através da educação e informação adequadas;

• Disponibilização de informações credíveis sobre o produto/serviço e os seus atributos ecológicos;

• Protecção das inovações contra imitações por parte dos concorrentes para compensar os investimentos em I&D.

 

Segue-se o modelo teórico desenvolvido por Karnes, Hansen e Juslin onde é possível analisar a dimensão da responsabilidade social e ambiental no âmbito dos diversos níveis da organização impactados pelas acções de marketing.

 

                       

O marketing sustentável, neste modelo, significa que os temas ambientais estão integrados dentro da decisão de marketing nos três níveis do plano de marketing e nos valores do negócio veiculados através das unidades de marketing.

O modelo parte do pressuposto que a implementação do plano de marketing ocorre devido ao desenvolvimento de estratégicas (quanto a produto, clientes e vantagens competitivas), de estrutura (planeamento e sistema de informação, organização e gestão) e de funções (publicidade e comunicação, produto e preço).

Concluindo, as empresas que descurarem as questões ambientais correm o risco de perder a sintonia com o consumidor, sendo que o marketing sustentável contribui para o fortalecimento da imagem e posicionamento da marca.

 

Carolina Afonso

Marketing Manager na Asus Portugal


Carolina Afonso é mestre em Marketing pelo Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG/UTL) e licenciada em Relações Internacionais pela Universidade Nova de Lisboa.

Faz parte da direcção executiva da pós-graduação em Gestão da Sustentabilidade no ISEG, na qual lecciona Planeamento e Marketing Sustentável.

Trabalha na área das Tecnologias de Informação há seis anos, sendo que actualmente desempenha funções de marketing manager na Asus Portugal

Tem como principais interesses o marketing e a ecologia. É autora do livro ”Green Target – As Novas Tendências do marketing” e foi distinguida pela academia com o prémio Melhor Estudante UTL/Santander Totta 2010.

Escreve para várias publicações nacionais e dá formação nas áreas de marketing, sustentabilidade e comportamento do consumidor.

 

Sítio: carolina-afonso.net

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.