AUTENTICAR

Google - O fim do mundo como o conhecemos!

google_book Ken Auletta é colunista desde 1992 no The New Yorker e autor de diversos livros e publicações. É conhecido pelo seu grande trabalho jornalístico em torno das novas tecnologias. Neste livro, Ken Auletta, consegue dar-nos uma visão do que é a Google, desde o seu inicio de existência. Fala dos sucessos, dos fracassos e de todo o "caminho" que a Google percorreu para se encontrar na posição de marca mais valiosa do mundo. Para quem gosta deste tipo de bibliografia, é um livro a não perder que nos fornece imensa informação sobre os desafios de uma empresa, assim como durante todo o livro podemos ver a importância que é dada ao facto dos fundadores da Google terem sempre acreditado no seu projecto, passando por cima de todos os obstáculos para serem únicos e diferenciadores.

Ficamos mesmo com a ideia de que na Google tudo é possível e para se crescer e ser o melhor, tem que se trabalhar com os melhores. Dificilmente outra  publicação conseguirá dar uma perspectiva tão real e tão próxima da realidade que se vive na Google. É mesmo o fim do mundo como o conhecemos! Sinopse Há empresas que criam ondas e há empresas que ou as surfam ou se afogam nelas. Este livro é uma viagem na crista da onda da Google e toda a história de como se formou e de como esmagou o negócio dos media tradicionais.

Acedendo, de forma inusitada, aos fundadores e executivos da Google, assim como àqueles que, no meio, lutam por se manter à tona, Ken Auletta revela de que forma a indústria está a ser desestabilizada e redefinida. Auletta penetra nas reuniões à porta fechada da Google, e apresenta-nos os seus notáveis fundadores, Larry Page e Sergey Brin, assim como aqueles que trabalham com - e contra - eles.

Em Google, o leitor descobre o "ingrediente secreto" do sucesso da empresa e por que razão os mundos dos "novos" e "velhos" media por vezes comunicam como se fossem habitantes de planetas diferentes. Isto pode dar calafrios aos tradicionalistas, mas é um mapa crucial para o futuro do negócio dos media.

Google multada em sete milhões por recolha de dados privados

Google multada em sete milhões por recolha de dados privados

 

 

O caso remonta à recolha de dados feita pelo serviço Street View entre 2008 e 2010 nos EUA.

Segundo a Exame Informática, a Google reconhece que os dados privados foram recolhidos ilegalmente e compromete-se a pagar uma indemnização de sete milhões de dólares (cerca de 5,3 milhões de euros). Paralelamente, a empresa vai ter cursos de formação obrigatórios para os seus funcionários durante os próximos dez anos, sobre a recolha de dados pessoais e vai suportar uma campanha de educação a nível nacional, noticia a Cnet.

A Google diz que esta recolha de dados foi feita à revelia da empresa, por um engenheiro de software. «Os líderes do projeto nunca quiseram estes dados e nunca os usaram ou olharam para eles», afirma a Google em comunicado.

Recorde-se que os dados eram captados quando o carro de recolha de imagens do Street View passava e apanhava redes sem fios desprotegidas. Eram recolhidos dados como emails, mensagens de textos, históricos de navegação e até palavras-chave. A Google comprometeu-se ainda a destruir toda a informação captada desta forma.

 

Fonte: Google multada em sete milhões por recolha de dados privados

http://exameinformatica.sapo.pt/

 

Assinar este feed RSS